FINANCIAL ADVISOR

Suporte a todo o processo de investimento, com ênfase no Asset Allocation e na seleção/monitoramento de gestores.

Nossos Serviços

 

Elaboração/Revisão de Políticas de Investimento

 

Objetivo:
Auxiliar o cliente na elaboração/revisão da Política de Investimentos para o horizonte de curto, médio e longo prazo, em conformidade com a legislação aplicável e considerando a adoção de melhores práticas de governança corporativa.

 

Aspectos a serem considerados:

· Segregação de funções;
· Previsibilidade a respeito de futuras cisões e/ou incorporação;
· Segregação física de ativos;
· Facilidade na apuração de rentabilidade;
· Elaboração de projeto técnico;
· Interação com prestadores de serviços objetivando o planejamento e desenvolvimento de ações para implementação da nova estrutura;
· Auxílio na análise de contratos e minutas de regulamento.

 

Metodologia:
· Análise de documentos;
· Reuniões com órgãos colegiados;
· Seminários;
· Apresentações.

Resultados esperados:
· O resultado do trabalho é a elaboração de uma Política de Investimento personalizada.

Consultoria – Participação como Membro Externo Profissional em Comitês de Investimento

 

Objetivo:

Prestação de serviços de natureza técnica, objetivando participar como membro externo profissional nas reuniões do comitê de investimento do cliente.

 

Aspectos a serem considerados:

· Desenvolvimento de trabalhos técnicos que envolvem análise de investimentos, sem poder de voto;
· Participação de profissional com 20 anos de experiência na atividades de gestão de recursos, devidamente credenciado na Comissão de Valores Mobiliários como Consultor de Valores Mobiliários.

 

Metodologia:
· Análise de documentos;
· Reuniões com órgãos colegiados;
· Seminários;
· Apresentações.

Resultados esperados:

· Consultoria profissional customizada

Consultoria Estratégica para a Melhoria da Competitividade da EFPC como Administradora de Planos e Benefícios

 

Objetivo:

Prestação de serviços de consultoria administrativa e financeira com o propósito de avaliar os principais processos técnicos e administrativos atualmente executados pelo cliente, na qualidade de administrador de planos de benefícios e reestruturando os mesmos pela adoção do princípio de agregação de valor.

 

Aspectos a serem considerados:

· Mapeamento dos processos existentes e diagnósticos;
· A partir do diagnóstico, promover a redefinição dos fluxos de negócios, adotando-se o princípio de agregação de valor;
· Estruturação da documentação pertinentes aos principais processos de negócios (Manual Interno de Procedimentos, Manual Interno de Governança Corporativa e Código de Ética e Conduta);
· Planejamento para implantação das modificações e novos processos;
· Implantação e monitoramento.

 

Metodologia:

· Análise de documentos;
· Reuniões com órgãos colegiados;
· Reuniões com corpo gerencial;
· Entrevistas com gerentes e colaboradores;
· Seminários;
·Apresentações.

Resultados esperados:

· Melhorar significativamente a competitividade do cliente como prestador de serviço de administrador de planos de benefícios.

Modelagem de Estruturas de Investimentos e Normativos.

 

Objetivo:

Auxiliar o cliente na modelagem de uma estrutura de investimentos com sofisticado nível de governança, segregação de funções para dirimir potenciais conflitos de interesse e elevado controle de investimentos.

 

Aspectos a serem considerados:

· Segregação de funções;
· Previsibilidade a respeito de futuras cisões e/ou incorporação;
· Segregação física de ativos;
· Facilidade na apuração de rentabilidade;
· Elaboração de projeto técnico;
· Interação com prestadores de serviços objetivando o planejamento e desenvolvimento de ações para implementação da nova estrutura;
· Auxílio na análise de contratos e minutas de regulamento.

 

Metodologia:

· Análise de documentos;
· Reuniões com órgãos colegiados;
· Reuniões com prestadores de serviços;
· Apresentações.

Resultados esperados:

· O resultado do trabalho é a implantação de uma estrutura de investimentos dotada de mobilidade, com elevado nível de controle sobre as atividades desempenhadas nas diversas etapas da gestão de recursos.

Elaboração de Critérios Técnicos para Seleção e Monitoramento de Gestores de Recursos

 

Objetivo:

Auxiliar o cliente na definição de critérios técnicos consistentes para o processo de prospecção continuada de gestores de recursos e fundos de investimentos.

 

Aspectos a serem considerados:

· Emprego de técnicas financeiras e estatísticas no estado da arte, com capacidade para prospectar a população de fundos de investimento disponíveis no mercado e selecionar os considerados eficientes;
· Análise qualitativa do gestor de recursos;
· Emprego de técnicas objetivando a otimização de portfólios de fundos de investimento e conseqüente definição da fronteira eficiente, demonstrando diversas composições de portfólios considerados eficientes, ou seja, considerando cada nível de risco, a combinação de fundos que proporcionam o maior retorno esperado, ou, considerando um determinado nível de retorno esperado, a combinação de fundos de investimento que proporcionam o menor nível de risco possível;
· Emprego de técnicas estatísticas objetivando o monitoramento dos fundos investidos, a fim de entender o poder explicativo de diversas variáveis no desempenho do fundo de investimento durante um determinado período de tempo.

 

Metodologia:

· Utilização de softwares especialistas;
· Transferência de conhecimento, a fim de alinhamento de confiança com o cliente e maximizar o aproveitamento da utilização dos diversos recursos extraídos nas análises;
· Reuniões com órgãos colegiados;
· Apresentações.

Resultados esperados:

· O resultado do trabalho é a implantação de um critério técnico consistente e fundamentado na moderna teoria de finanças, proporcionando grande dinamismo na tarefa de escolha dos melhores gestores de recursos e fundos de investimento.

Consultoria para Ánalise de Operações Estruturadas Relacionadas a Títulos e Valores Mobiliários

 

Objetivo:

Prestação de serviços de natureza técnica, objetivando auxiliar o cliente na análise das diversas operações estruturadas de renda fixa e variável que são apresentados por agentes no mercado financeiro e de capitais.

 

Aspectos a serem considerados:

· Análise da estrutura de operações com debêntures;
· Análise da estrutura de operações com cédula de crédito bancário – CCB;
· Análise da estrutura de operações com certificado de recebíveis imobiliários – CRI;
· Análise de operações estruturadas.

 

Metodologia:

· Análise de documentos;
· Reuniões com órgãos colegiados;
· Reuniões externas com gestores de recursos;
· Apresentações.

Resultados esperados:

· O resultado do trabalho é a elaboração de pareceres de avaliação de operações apresentados aos clientes.

Elaboração de Critérios Técnicos para Seleção e Monitoramento de Gestores de Recursos

Objetivo:

Auxiliar o cliente na definição de critérios técnicos consistentes para o processo de prospecção continuada de gestores de recursos e fundos de investimentos.

 

Aspectos a serem considerados:

· Emprego de técnicas financeiras e estatísticas no estado da arte, com capacidade para prospectar a população de fundos de investimento disponíveis no mercado e selecionar os considerados eficientes;
· Análise qualitativa do gestor de recursos;
· Emprego de técnicas objetivando a otimização de portfólios de fundos de investimento e conseqüente definição da fronteira eficiente, demonstrando diversas composições de portfólios considerados eficientes, ou seja, considerando cada nível de risco, a combinação de fundos que proporcionam o maior retorno esperado, ou, considerando um determinado nível de retorno esperado, a combinação de fundos de investimento que proporcionam o menor nível de risco possível;
· Emprego de técnicas estatísticas objetivando o monitoramento dos fundos investidos, a fim de entender o poder explicativo de diversas variáveis no desempenho do fundo de investimento durante um determinado período de tempo.

 

Metodologia:

· Utilização de softwares especialistas;
· Transferência de conhecimento, a fim de alinhamento de confiança com o cliente e maximizar o aproveitamento da utilização dos diversos recursos extraídos nas análises;
· Reuniões com órgãos colegiados;
· Apresentações.

Resultados esperados:

· O resultado do trabalho é a implantação de um critério técnico consistente e fundamentado na moderna teoria de finanças, proporcionando grande dinamismo na tarefa de escolha dos melhores gestores de recursos e fundos de investimento.

48_2560.jpg

Converse com nossos especialistas

Entre em contato conosco e tire suas dúvidas com a nossa equipe.

Elaboração de Relatórios Técnicos Gerenciais

Objetivo:

Auxiliar o cliente na estruturação e elaboração de um relatório técnico área de investimentos.

 

Aspectos a serem considerados:

· O escopo do relatório gerencial da área de Investimentos objetiva atender a demanda e expectativa de diversos públicos alvo: Conselho Deliberativo/Administrativo; Conselho Fiscal e Diretoria Executiva;
· Composição dos segmentos de aplicação;
· Demonstrativos de movimentação;
· Quadro geral de rentabilidade;
· Comentários e conclusão.

 

Metodologia:

· Análise de documentos;
· Reuniões com órgãos colegiados;
· Reuniões com contabilidade;
· Apresentações.

Resultados esperados:

· O resultado do trabalho é a elaboração de relatório técnico gerencial da área de investimentos/finanças.

Consultoria para Ánalise de Operações Estruturadas Relacionadas a Títulos e Valores Mobiliários

 

Objetivo:

Prestação de serviços de natureza técnica, objetivando auxiliar o cliente na análise das diversas operações estruturadas de renda fixa e variável que são apresentados por agentes no mercado financeiro e de capitais.

 

Aspectos a serem considerados:

· Análise da estrutura de operações com debêntures;
· Análise da estrutura de operações com cédula de crédito bancário – CCB;
· Análise da estrutura de operações com certificado de recebíveis imobiliários – CRI;
· Análise de operações estruturadas.

 

Metodologia:

· Análise de documentos;
· Reuniões com órgãos colegiados;
· Reuniões externas com gestores de recursos;
· Apresentações.

Resultados esperados:

· O resultado do trabalho é a elaboração de pareceres de avaliação de operações apresentados aos clientes.

Desenvolvimento de Processo de Seleção Continuada de Fundos de Investimentos

Objetivo:

Auxiliar o cliente no processo de seleção e monitoramento dos melhores fundos de investimento disponibilizados para aplicação no mercado brasileiro.

 

Aspectos a serem considerados:

· Segregação dos estudos de acordo com a classificação dos fundos de investimento pela ANBIMA;
· Emprego de técnicas financeiras e estatísticas no estado da arte, com capacidade para prospectar a população de fundos de investimento disponíveis no mercado financeiro e elaboração de rankings, mediante aplicação de filtros quantitativos;
· Aplicação de filtros quantitativos personalizados ao cliente;
· Análise qualitativa do gestor de recursos;
· Processamento de otimização da combinação dos melhores fundos de investimento, com vistas a promover a otimização de portfólios de fundos de investimento e conseqüente definição da fronteira eficiente, apresentando diversas soluções consideradas eficientes, ou seja, considerando cada nível de risco, a combinação de fundos que proporcionam o maior retorno esperado, ou, considerando um determinado nível de retorno esperado, a combinação de fundos de investimento que proporcionam o menor nível de risco possível;
· Emprego de técnicas estatísticas objetivando o monitoramento dos fundos investidos, a fim de entender o poder explicativo de diversas variáveis no desempenho do fundo de investimento durante um determinado período de tempo.

 

Metodologia:

· Entrevista para customização dos parâmetros a serem utilizados no processo de prospecção e aplicação de filtros quantitativos;
· Utilização de softwares especialistas;
· Aplicação de questionário de avaliação qualitativa;
· Transferência de conhecimento, a fim de alinhamento de confiança com o cliente e maximizar o aproveitamento da utilização dos diversos recursos extraídos nas análises;
· Reuniões com potenciais gestores recursos;
· Reuniões com órgãos colegiados;
· Apresentações.

Resultados esperados:

· O resultado do trabalho é a implantação de critérios técnicos consistentes e fundamentados na moderna teoria de finanças, proporcionando grande dinamismo na tarefa de escolha dos melhores gestores de recursos e fundos de investimento.

Consultoria para o Desenvolvimento de Programas de Treinamentos Técnicos em Assuntos Relacionados a Área Financeira/Investimentos:

 

Objetivo:

Elaboração de um Programa de Treinamento, com abordagem de temas e utilizando metodologia adequada, objetivando atender as demandas relacionadas à necessidade de capacitação em diversos tópicos relacionados à gestão e controle das áreas Financeiras / Investimentos de uma Entidade Fechada de Previdência Complementar (EFPC) e Instituições Previdenciárias de uma maneira geral.

 

Aspectos a serem considerados:

· Módulo 1: aspectos básicos para o funcionamento de uma Entidade Fechada de Previdência Complementar;
· Módulo 2: estruturação de Política de Investimentos para uma Entidade Fechada de Previdência Complementar;
· Módulo 3: Sistema Financeiro Nacional e Características dos ativos elegíveis ao negócio de uma Entidade Fechada de Previdência Complementar;
· Módulo 4: A seleção e monitoramento de Fundos de investimento abertos por uma Entidade Fechada de Previdência Complementar;
· Módulo 5: Relatório Semestral para Conselho Fiscal;
· Módulo 6: Tópicos especiais em finanças.

 

Metodologia:

· Pesquisa acadêmica;
· Aula expositiva;
· Aplicação de exercícios para fixação de conceitos;
· Estudo de caso;
· Utilização de Excel;
· Utilização da HP 12C.

Resultados esperados:

· O resultado do trabalho é a institucionalização de um programa de educação previdenciária.

Estruturação de Comitês de Investimento

Objetivo:

Auxiliar o cliente na estruturação de um processo de decisão colegiada, responsável pela análise e tomada de decisão/recomendação a respeito da realização de estudos técnicos e deliberações para investimentos, monitoramento e desinvestimento, elaborando os respectivos documentos e/ou regulamentos.

 

Aspectos a serem considerados:

· Estrutura organizacional;
· Modalidade dos planos de benefícios;
· Organização da pauta das reuniões;
· Indicadores econômicos;
· Fluxo de caixa projetado do cliente;
· Definição de critérios e análise técnica e forma de apresentação dos diversos assuntos a serem submetidos para deliberação;
· Formalização dos procedimentos, através da elaboração de documentos/normativos.

 

Metodologia:

· Análise de documentos;
· Reuniões com órgãos colegiados;
· Seminários;
· Apresentações.

Resultados esperados:

· O resultado do trabalho é a implantação do comitê de investimentos para proporcionar um processo de decisão colegiada.

Elaboração de Manuais Internos de Procedimentos Focados na Área de Investimentos

Objetivo:

Auxiliar o cliente na formalização dos principais processos de trabalho desenvolvidos na área de investimentos.

 

Aspectos a serem considerados:

· Estrutura organizacional do cliente e responsabilidades;
· Processo de decisão para investimento, monitoramento e desinvestimento;
· Processo de Tesouraria;
· Processo de liquidação de operações;
· Processo de registro e controle das operações financeiras;
· Processo de enquadramento dos investimentos;
· Processo de apuração de rentabilidade;
· Processo de cálculo da Divergência Não Planejada (DNP);
· Relatórios gerenciais;
· Processo para elaboração/revisão da Política de Investimento;
· Critérios utilizados na seleção e monitoramento de gestores de recursos e fundos de investimento.

 

Metodologia:

· Análise de documentos;
· Reuniões com órgãos colegiados;
· Seminários;
· Apresentações.

Resultados esperados:

· O resultado do trabalho é a formalização dos principais processos de negócios desenvolvidos na área de investimentos/financeira.

Auxiliamos nossos clientes na fundamentação e definição do Asset Alocation, que responderá por parcela relevante do resultado final.

Selecionamos continuadamente Gestores de Recursos e produtos de investimento.

Monitoramos continuadamente a eficiência do portfólio de nossos clientes.

Acompanhe Nosso Blog

Fique por dentro do que acontece no mercado de investimentos

Receba nosso boletim semanal

Obrigado pelo envio!

Elaboração e Monitoramento de Orçamento Empresarial

 

Objetivo:

Auxiliar o cliente na estruturação do processo de orçamento empresarial. O Orçamento é uma ferramenta capaz de orientar os administradores quanto as metas e objetivos a serem executadas num dado período de tempo futuro. O processo orçamentário contribui em diversos aspectos: identificação dos objetivos a longo prazo e suas metas a curto prazo; auxilia na concepção da empresa como um sistema de componentes interagindo que devem estar coordenados; facilita na comunicação das metas da empresa.

 

Aspectos a serem considerados:

 

Módulo 1 – Diagnóstico Preliminar
· Avaliação da estrutura organizacional da empresa sob o prisma da elaboração orçamentária;
· Avaliação da árvore de produtos da empresa;
· Avaliação da estrutura existente de centros de receitas, de custos e de lucros;
· Avaliação de como está estruturado o mercado da empresa, principais clientes, potencial de crescimento, etc;
· Análise das características das vendas da empresa;
· Avaliação do efeito em potencial de todas as variáveis relevantes para a empresa (atuais pontos fortes e fracos);
· Avaliação dos sistemas existentes e sua adequação ao sistema orçamentário;
· Avaliação do sistema de apuração de custos da empresa;
· Análise das informações existentes que podem ser úteis no processo de elaboração orçamentária;
· Análise dos relatórios gerenciais existentes na empresa;
· Elaboração de relatório de diagnóstico.
 

Módulo 2 – Seleção de uma Ferramenta/Sistema de elaboração orçamentária
· Avaliação dos recursos atualmente disponíveis na empresa (sistemas, planilhas eletrônicas, relatórios, etc);
· Elaboração de uma planilha modelo orçamentária preliminar;
· Elaboração de modelos de relatórios gerenciais de acompanhamento da execução; orçamentária;
· Modelagem por produto / segmento de negócio.
 

Módulo 3 – Definição das Premissas Orçamentárias – estratégica
· Avaliação do plano estratégico da empresa com vistas à elaboração orçamentária;
· Cenário econômico do período a ser orçado;
· Elaboração/tomar conhecimento/auxiliar na definição da meta de remuneração dos acionistas;
· Elaboração/tomar conhecimento/auxiliar na definição dos índices de desempenho administrativos, financeiros e operacionais;
· Montagem da estrutura de centros de receita, de custos e de lucros;
· Montagem da árvore de produtos da empresa de forma a visualizar o processo de formação das margens de contribuição;
· Estatísticas necessárias para a projeção do fluxo das entradas a partir da projeção do faturamento: prazos de faturamento e perfil dos contratos dos clientes;
· Estatísticas necessárias para a elaboração do orçamento dos custos de pessoal: índices de rotatividade de pessoal, salário médio e custo das rescisões;
· Tomar conhecimento das políticas de reajuste e promoção de pessoal;
· Tomar conhecimento das políticas de reajustes de preços (quando aplicável).

 

Metodologia:

· Análise de documentos;
· Reuniões com órgãos colegiados;
· Seminários;
· Apresentações.

Resultados esperados:

· O resultado do trabalho é a elaboração do orçamento empresarial.

Consultoria para o Desenvolvimento de Programas de Treinamentos Técnicos em Assuntos Relacionados a Área Financeira/Investimentos:

 

Objetivo:

Elaboração de um Programa de Treinamento, com abordagem de temas e utilizando metodologia adequada, objetivando atender as demandas relacionadas à necessidade de capacitação em diversos tópicos relacionados à gestão e controle das áreas Financeiras / Investimentos de uma Entidade Fechada de Previdência Complementar (EFPC) e Instituições Previdenciárias de uma maneira geral.

 

Aspectos a serem considerados:

· Módulo 1: aspectos básicos para o funcionamento de uma Entidade Fechada de Previdência Complementar;
· Módulo 2: estruturação de Política de Investimentos para uma Entidade Fechada de Previdência Complementar;
· Módulo 3: Sistema Financeiro Nacional e Características dos ativos elegíveis ao negócio de uma Entidade Fechada de Previdência Complementar;
· Módulo 4: A seleção e monitoramento de Fundos de investimento abertos por uma Entidade Fechada de Previdência Complementar;
· Módulo 5: Relatório Semestral para Conselho Fiscal;
· Módulo 6: Tópicos especiais em finanças.

 

Metodologia:

· Pesquisa acadêmica;
· Aula expositiva;
· Aplicação de exercícios para fixação de conceitos;
· Estudo de caso;
· Utilização de Excel;
· Utilização da HP 12C.

Resultados esperados:

· O resultado do trabalho é a institucionalização de um programa de educação previdenciária.